AMPARO
"Capital Histórica do Circuito das Águas"

      Em pleno século XXI, Amparo consolida uma posição diferenciada, enquanto município paulista reconhecido por sua natureza exuberante, de clima ameno, águas medicinais e sobretudo por sua consciência em torno da preservação de seu patrimônio arquitetônico e histórico.
      Amparo soube deixar o progresso chegar sem abrir mão do valor de suas memórias, gravadas nos monumentos históricos, nos velhos sobrados, casarios, igrejas, colégios e antigas fazendas, verdadeiro acervo histórico-cultural de uma Amparo que viveu o apogeu do ciclo cafeeiro brasileiro, nos séculos XIX e XX.
      Pelo que a natureza lhe deu e o que sua organização social conseguiu construir e preservar, Amparo é um convite permanente ao lazer e entretenimento no Circuito das Águas.  Quem preferir passar um dia no campo poderá conhecer diversas fazendas que oferecem aitvidades de turismo rural.


Prefeitura faz cadastro de artístas Amparenses


Nosso Patrimônio Histórico

        A cidade nasceu oficialmente em 8 de abril de 1829 quando foi elevada a Capela Curada. Sua fundação real, entretanto, esconde-se no final do século XVIII. A cidade está, portanto, no rumo dos 200 anos. Fragmentos desses tempos não existem mais na zona urbana.

         No entanto, das edificações e do traçado urbano do século XIX, dos tempos da implantação das lavouras cafeeiras no município, dos tempos do apogeu e decadência dessa cultura, muito pode ser constatado. Das casas de porta e janela aos palacetes, dos edifícios religiosos aos prédios dos hospitais, das ruas de paralelepípedos aos jardins, tudo respira uma atmosfera coerente e uniforme.

        Nessa paisagem constata-se o gosto pela tradição clássica que permeou todo o século XIX e início do século XX e que selou, definitivamente, o lugar comum entre o urbanismo e a arquitetura.

Galeria de Fotos

Feira de Artes, Artesanato e Quitutes

        Com uma política clara em direção à estruturação do turismo e geração de emprego e renda, a Prefeitura de Amparo abriu as portas para os artesãos da cidade. Seus produtos são expostos permanentemente em duas feiras, atraindo um grande público regional e da capital paulista.
        A produção artística e artesanal está disponível em dois pontos de exibição:

Casa do Artesanato
Local: Praça Pádua Salles, 160 - Centro
(antigo prédio da Estação da Mogiana)
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 08h00 as 12h00 e das 13h00 as 17h00
Sábados, domingos e feriados, das 09h00 às 18h00

 

 


CITEC – Centro de Informações Turísticas e Culturais
Praça Pádua Salles, 160 - Centro – Amparo / Fone: (19) 3808-6131
Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 08h00 as 12h00 e das 13h00 as 17h00
Sábados, domingos e feriados, das 09h00 às 18h00
e-mail: citec@amparo.sp.gov.br